MATEUS_CASTILHO_220403_008.jpg

Abasto 

Projeto de bar e restaurante no bairro Lourdes, Belo Horizonte.

O Abasto traz como proposta servir vinhos e cervejas especiais, com a gastronomia inusitada que mistura comida típica argentina e mineira, referências das histórias e desejos dos proprietários. A intenção do projeto foi criar um ambiente que remete à essas influências, unindo elementos garimpados e novos em uma composição urbana e contemporânea.

Localizado em Lourdes, bairro tradicional de Belo Horizonte que é reconhecido polo gastronômico e de comércios de alto padrão. Antigas residências vêm sendo convertidas em pontos comerciais, que é o caso do bar, que está inserido em uma edificação da década de 40 de estilo eclético que há tempos teve seu uso alterado para o uso comercial.

Devido ao tipo de uso das lojas ao lado que possuem horários de fechamento similares ao horário de abertura do bar, é possível a ocupação total do o passeio com mesas e cadeiras para uso do bar. Para este local especificamos mobiliários coloridos de uso em área externa. Para a parede externa estava previsto um grafite, que foi executado pelo artista Ataíde Miranda.

Tiramos partido do rebaixo no teto para a criação de um ambiente aconchegante, criando um pórtico de acesso que foi pintado na cor preta e marca a entrada delimitando o externo com o interno. Utilizamos chapas expandidas nas paredes e tetos tanto para possibilidade de penduras plantas e também para a criação de um portão para encobrir registros que ali se encontram. O local recebeu um neon branco com o nome do bar e duas poltronas vintage.

 

O bar foi projetado em materiais reflexivos frios, telhas metálicas nas paredes, policarbonato aveolar no teto e abaixo do balcão e chapa inox para o frontão das torneiras, e contrapõe com o salão colorido que por sua vez recebeu um lambe-lambe que foi desenhado a partir de uma imagem pixelada com a paleta de cor referenciada nas cores das edificações da rua Caminito em um dos lados e pintura na cor rosa “fantasia” no teto e na outra parede. O lambe-lambe foi executado por 62 pontos que além do uso das cores previstas acrescentou uma tipografia com o nome de tipos de uva utilizados em vinhos.

Arquitetura: Mateus Castilho

Colaboração: Sara Machado

Fotos : Henrique Queiroga

Lambe-lambe: 62 pontos

Arte fachada: Ataíde Miranda

 

Área: 87.00 m²

Data: 2021/22

Local: Belo Horizonte/MG 

Status: Concluído

MATEUS_CASTILHO_220403_001.jpg
MATEUS_CASTILHO_220403_006.jpg
MATEUS_CASTILHO_220403_009.jpg
MATEUS_CASTILHO_220403_011.jpg
MATEUS_CASTILHO_220403_020.jpg
PLANTA.jpg
MATEUS_CASTILHO_220403_017.jpg
MATEUS_CASTILHO_220403_018.jpg
MATEUS_CASTILHO_220403_023.jpg
ELEVACOES1.jpg
MATEUS_CASTILHO_220403_004.jpg
ISOMETRICA 01.jpg